INSS obriga mulher de 120 anos viajar 200 km para provar que está viva

By | 22:07 Leave a Comment
INSS obriga mulher de 120 anos se deslocar 200 km para provar que está viva:

O inusitado episódio aconteceu com Jesuína dos Santos Cardoso moradora do distrito Porto União, no Município de Rio Branco Ivaí, que fica a cerca de 300 km de Curitiba. Jesuína tem como registro a data de nascimento no dia 30 de Janeiro de 1896.

O Instituto Nacional de Seguro Social -INSS- achou estranho uma pessoa de 120 anos estar viva e cancelou a sua aposentadoria, restando a Jesuína a necessidade de se deslocar até um posto do INSS para provar que estava viva. O posto mais próximo de sua casa fica em Apucarana, cerca de 200 km de distância. Ela foi com os parentes de carro.


Ao chegar no posto, ela nem precisou sair do carro. Ali mesmo os funcionários reativaram sua aposentadoria e ainda a incentivaram a reivindicar o título de mulher mais velha do mundo ( viva) junto ao Guiness Book, o livro dos recordes.

Jesuína teve 15 filhos, todos nascidos em casa e somente 3 ainda estão vivos. Ela ainda tem vivos: 36 netos, 63 bisnetos e 44 tataranetos.

Um detalhe incrível. Jesuína só foi a um médico aos 100 anos quando se descobriu com problemas do coração e de pressão. Até os 110 anos ela ainda pegava lenha para poder usar o fogão.

Toda a sua comida sempre foi natural, sem os conservantes dos industrializados. Passou a vida comendo o que plantava milho, feijão, legumes, verduras e frutas e outros itens adquiridos nos mercados. Além de comer porco e galinha, ela não dispensa um chimarrão pela manha acompanhado de bolachas de água e sal ou amido de milho.

A atual recordista de longevidade feminina registrado no Guiness Book é a italiana Emma Morano, de 116 anos, nascida em 29 de novembro de 1899.

Ambas seriam as únicas mulheres do mundo que passaram por 3 séculos diferentes (19, 20 e século 21).








Curta Verdade Absoluta, a internet sem mentiras

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.