Ministério Publico quer tirar frase louvando a Deus de notas de Real

By | 09:52 5 comments

O Ministério Publico (MP), através do procurador dos Direitos do Cidadão em São Paulo, Jefferson Aparecido Dias, decidiu comprar uma briga que vai gerar muita polêmica. Jeferson irá pedir ao Ministro da Fazenda Guido Manteiga para que retire das cédula de Real a inscrição: “Deus seja Louvado”.

De acordo com o MP, a inscrição louvando a Deus não é condizente com o Estado Laico e fere a Constituição Federal do Brasil.

– A República Federativa do Brasil não é anti-religiosa ou anti-clerical, sendo-lhe vedada apenas a associação a uma específica doutrina religiosa ou a um certo e determinado credo Os cidadãos brasileiros têm o direito de serem ateus ou acreditarem em vários deuses, ou, se acreditam num só deus, têm o direito de dar outro nome a ele além do que é dado no cristianismo. Portanto, exigimos que o Conselho Monetário Nacional respeite a Constituição imediatamente e pare de imprimir esta frase nas cédulas.

14/02/2012. Crédito: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press. Brasil. Brasília - DF. Reprodução de notas de real com a mensagem "Deus seja louvado".

A LiHS (Liga Humanista Secular do Brasil), criou uma petição on-line para pressionar o Banco Central na retirada da expressão. A petição pode ser encontrada no seguinte endereço http://www.change.org/petitions/conselho-monet%C3%A1rio-nacional-exigimos-dinheiro-laico-em-estado-laico

Embora exija a retirada da expressão , Jeferson Aparecido Dias é Católico praticante mas diz que “Nada justifica essa menção no dinheiro. Estado e religião têm que estar separados, bem distantes”.

Nos EUA, a corte Americana negou em 2011, o pedido de um ateu para que fosse retirada a frase In God we trust (Confiamos em Deus).

 


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

5 comentários:

  1. O estado tem e deve ser laico!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo7:45 PM

    Chegamos de vez no Admirável Mundo Novo, a imbecilidade governa o mundo mesmo

    ResponderExcluir
  3. Que isso gente era só oque faltava mesmo, oque isso faz de mal a ele ?

    ResponderExcluir
  4. Robson Colzani9:19 PM

    Esses doentes em vez de procurar pedir coisas que realmente pe utel a sociedade.
    vai procurar encrenca com um nome em uma cédula.

    ResponderExcluir
  5. Num país onde a igreja domina o legislativo vocês acham mesmo que é só um nome em uma cédula?

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.