A verdade sobre a blogueira Fitness de 9 anos

By | 21:08 Leave a Comment
Uma menina que se auto-intitula “Blogueira Fitness de 9 anos”, tem sido a causadora de uma grande polêmica na internet por conta de sua rotina de treinamento e dieta.

Ana Clara Mansur de 9 anos, possui conta no instagram . Na sua conta na rede instagram que tem idade mínima de 13 anos para poder postar, A.C.M, que tem mais de 2000 seguidores, costuma postar coisas de seu dia-a-dia, inclusive suas atividades físicas na academia, onde “puxa-ferro”.

Ao abrir o Instagram de A.C.M. nos deparamos com a seguinte frase que choca: 

primeira blogueira fitness infantil”. Aos nove anos, vivo uma vida saudável com treinos e alimentação”. 

Ela tem até um e-mail específico de contato com o termo fitness incluído.




Milhares de internautas ficaram revoltados e inundaram o Twitter com criticas aos pais da menina:




A mãe logo se apressou em deixar a conta restrita, não permitindo que quem não tenha o pedido de add aceito veja o perfil completo. Em seguida postou um esclarecimento sobre a condição de ACM como “malhadora”

Primeiramente, quero deixar bem claro que a Anna Clara tem família. Família esta que se preocupa com toda a educação e saúde necessária para seus filhos (que por sinal, só nos dão muita felicidade). Ela faz atividades físicas, desde os 2 anos de idade. Já fez balé e natação. Aqui em casa, todos nós praticamos exercícios físicos e nos alimentamos muito bem. Treinar foi um pedido e decisão exclusivamente dela”.

A mãe também afirmou que os exercícios são monitorados de perto e não trazem prejuízo para sua formação:

Ela treina duas vezes por semana acompanhada pelo pai, que é educador físico há 13 anos. Os treinos são funcionais e adaptados à idade dela, realizados como um atividade lúdica. Ela tem uma rotina normal de qualquer criança”.


A grande polêmica: Será mesmo que essa criança está tendo uma rotina dura ou rígida a ponto de toda essa revolta ser justificada ? De acordo com sua mãe, não. Os exercícios são leves e indicados para sua idade e porte físico e possuem acompanhamentos de seu pai que é formado em Educação e Física.

Existem rotinas bem piores, como as que preparam atletas para ginastica olímpicas, lutas marciais etc. Esses sim podem ser extremamente perigosos, ainda mais o que fazem na China. 


Claro que comparar com o rigoroso treinamento chinês não parece ser correto, mas serve para mostrar que existe diferenças grandes entre exercícios pesado e leves.

Não creio que fazer exercícios moderados, ainda que envolvam aparelhos, seja algo tão escandaloso a ponto de se criar uma grande gritaria no Twitter. Tanto é que algumas academias possuem "Personal Kids" para crianças de 8 a 13 anos, mas ATENÇÃO:  é muito importante tomar cuidados com essas atividades e ter acompanhamento profissional que saiba respeitar os limites do corpo infantil:

"O desenvolvimento ósseo, neurológico e orgânico deles ainda não está completo e lesões podem causar danos para toda a vida", explica o presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia da regional do Rio de Janeiro, César Fontenelli.

Pelas postagens, me parece que o pai está sabendo respeitar isso.

Talvez o errado seja a exploração comercial da criança, mas aí nos perguntamos, há realmente um mal nisso? E as crianças que fazem comercial, as que entram em competições atrás de medalhas, ou iniciam em escolinhas de futebol para quem sabe um dia se tornarem novos Neymares? São exploradas?

A exploração comercial da imagem da criança é óbvia, cheia de propagandas e merchand e provavelmente nem é a menina quem escreve.




Uma criança dessa idade não deveria estar preocupada com dietas? Deveria então comer doces e se empaturrar de big-macs?

O que de fato deve ser analisado é se as atividades que ela faz prejudicam o seu desenvolvimento físico e se os alimentos que ela ingere fazem mal para a saúde dela, a debilitando ou intoxicando.

Na página dela no Facebook podemos ver diversas fotos dela sendo uma criança normal, cercada de amigas e brincando, inclusive tem ate um vídeo dela se exercitando, fazendo exercícios bem levinho, até mais leve do que os que fazemos na escola durante as aulas de educação e física.

Pode estar havendo um certo exagero na patrulha da internet, mas é inegável que o assunto é polêmico e é preciso sempre tomar cuidado com esse negócio de colocar crianças pequenas para malhar.

Ah, Balé estraga os pés, sabia e costuma dar Joanete, que é um deslocamento ósseo, dói e as vezes precisa de cirurgia para correção, em casos graves. Sempre que vejo uma pequena bailarina, eu penso... tadinha... 


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.