Mentira: Mãe e Filha assumem relacionamento

By | 02:28 Leave a Comment
Será verdade que mae e filha teriam assumido o relacionamento amoroso na internet? Pois é: O Facebook, o whatsapp, twitter, VK. todas as redes sociais só falam nesse assunto, e todos estão escandalizados. Afinal o caso é uma verdadeira aberração moral, independente de sermos religiosos ou não.

Mas será mesmo verdadeira essa história, ou tudo não passa de mais um hoax ou boato espalhado por sites caça likes que vivem de noticias falsas e polêmicas que se tornam viral?

Posso afirmar com 99,99% de certeza que esta história é falsa me baseando em simples pesquisas na internet.

Vamos ao conteúdo em português que está circulando pela internet.
mentira: mae e filha assumem relacionamento amoroso

"Minha mãe ainda é minha mãe. Ela ainda faz coisas normais de mãe: me compra roupas, comida, me diz para fazer a minha cama. Nós apenas também gostamos de fazer sexo uma com a outra”.

Com essa frase eu conheci a história de Mary e Vertasha Carter, mãe e filha que assumiram um relacionamento lésbico uma com a outra. As leis proíbem a prática de incesto, principalmente pelo fato de relações entre pessoas da mesma família trazerem defeitos para os bebês.

“Ambas somos mulheres e obviamente não podemos fazer crianças. Seria diferente se o pai dela a engravidasse e nascesse um bebê com deformidades, mas nós não estamos machucando ninguém. Somos uma minoria nova e tudo o que queremos é que aceitem.” – disse a mãe, Mary Carter.

A mãe ainda declarou que a atração entre ele e a filha iniciou quando a garota completou 16 anos, mas elas discutiram e decidiram esperar que ela completasse 18 anos para que começassem a fazer sexo. Ela ainda afirmou que elas não tornaram seu relacionamento público para criar polêmica, mas sim para encorajar outras pessoas que estivessem em relacionamentos parecidos.
“Queremos que o mundo saiba que amamos uma a outra como mãe e filha e como amantes”."

Pelo texto vemos que a história é contada por alguém: "Com essa frase eu conheci a história de Mary e Vertasha Carter, " e fica a primeira pergunta: 

Quem conta essa história? Com absoluta certeza não se trata de nenhum jornalista de um grande portal. Nada de CBN, FOX NY-TIMES, BBC , ABC nem mesmo aqueles bizarrentos The Sun ou DailyMail... a unica pista é que o texto surgiu pela primeira vez na internet através do blog The Stuppid no link http://stuppid.com/mother-daughter-lesbian-relationship/

QUe site é esse? Para saber basta clicar em about. Nessa página temos a explicação: Trata-se de um site que posta as coisas mais estupidas e idiotas . EM outras palavras é um site c de confiança zero, que inventa noticias na maioria das vezes.

Uma busca pelo nome das personagens incestuosas, vamos descobrir que não há nenhum registro de " Mary e Vertasha Carter"  nem nenhum local, a não ser no Twitter onde foi criada uma conta ( @VertashaAndMary) no dia 14 de Setembro de 2014.

Toda e qualquer foto das incestuosas, inclusive as postadas no twitter, se resume a  exatamente essa que ilustra esta matéria. Apesar delas terem assumido o relacionamento, e criado um perfil no twitter, não tiraram nenhuma outra foto. Pior, a foto foi retirada do site de beleza Art, Beauty. postada em 2012... Os donos desse site já disseram que estudaqm uma forma de processar os autores da brincadeira.

Fora isso não existe em nenhum local  da internet um registro de Vertasha Carter. Cheguei a encontra uma Juiza Geronda Vertasha Carter de 43 anos e que obviamente não é a filha incestuosa de Mary.
Muitos leitores podem até achar que os dados levantados são poucos e que não comprovam que a noticia seja falsa. Pois nunca aconteceu de uma noticia desse tipo sem nenhum dado, tendo origem em um site de noticias falsas e bizarras que tenha se mostrado verdadeira.

Portanto, apesar de existirem relações desse tipo no mundo, pelo menos essa é falsa.

.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.