Blogueira Processa Google por divulgar sua Identidade

By | 16:19 Leave a Comment
Rosemary Port, de 29 anos, acreditando que o anonimato de um perfil fake a deixaria invisível e super poderosa, acima do bem e do mal, criou o blog "Skanks in NYC" para atacar a modelo Liskula Cohen.

Liskula, entrou com um processo na justiça contra o Google, que hospedava o blog que a ofendia. Seu objetivo era identificar quem tão covardemente a insultava. Causa ganha, teve então a Google que fornecer os dados da moça blogueira.

Rosemary Port se sentiu invadida no seu direito de anonimato (?) e resolveu então abrir um processo contra a Google, exigindo indenização de US$ 15 milhões .

"Quando eu estava sendo defendida por advogados do Google, pensei que meu direito à privacidade estava sendo protegido. Mas esse direito ficou em pedaços. Sem qualquer aviso, eu fui colocada numa bandeja de prata para a imprensa me atacar. Pensava que um conglomerado de vários bilhões de dólares protegeria os direitos de todos os seus usuários".

A covarde blogueira , que em seu blog falava sobre hábitos estranhos, higiene e vida sexual de Liskula, se viu transformar de pedra em vidraça e forçada a tomar seu amargo remédio.

A Google , obviamente está tranquila, pois no contrato (termos de uso) do Blogger existe uma cláusula em que usuários concordam com uma política de privacidade que permite à empresa compartilhar informações pessoais caso haja exigência de uma ação judicial.

Mesmo que tal cláusula não existisse a Google teria que cumprir a ordem judicial, oras.

Existem milhares de Rosemarys na internet. Pessoas covardes que acreditam que podem caluniar, expor e massacrar outras pessoas, por estarem escondidas em um perfil Fake.

Fakes não possuem direito a nada. Pessoas anônimas não são consideradas cidadãs com direito a liberdade de expressão.
Eis o que diz a Constituição Federal do Brasil de 1988: IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Mesmo que tivesse o fake, o direito de se expressar livremente, jamais poderia ele usar a tal "liberdade de expressão" para caluniar ou difamar outras pessoas.

Rosemary tanto atacou a sua rival que agora anda nas ruas assim:



Chupa que é de menta !!!!

Fonte: New York Post

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.