Breaking News

Estimulanet , Fake News - Bandidos em custódia se cadastram como motoristas de app: Uber e 99 , Boatos , Fake News ,

Fake News - Bandidos em custódia se cadastram como motoristas de app: Uber e 99

Fake News - De acordo com boatos que circulam nos grupos de Whatasapp, Facebook e outras redes sociais, bandidos estariam declarando, em audiências de custódia e audiência de instrução, que trabalham como motoristas de apps - como o Uber/99 (nominalmente citados no texto do boato).

O boato trás, ainda, algumas dicas de segurança para os passageiros dos transportes de app. Dicas interessantes que, em nossa opinião, são, apesar do alarme mentiroso, bastante úteis e prudentes.



Leia o Boato na íntegra - " INFORMAÇÃO IMPORTANTE: A quantidade de presos que participam das audiências de Custódia e audiências de instrução, informam que sua atividade "lícita" é motorista de app. Isso mesmo. Bandidos estão servindo de motoristas de Uber e 99 pela facilidade de cadastro.
Informe seus familiares, que ao usar apps: 
- não digam que tem parentes policiais militares ou ci‌vis
- quando o destino for a residência, não informe a rotina da casa, quantas pessoas moram, barreiras de segurança e etc;
- sempre informar que tem alguém esperando na chegada/destino e que já informou o embarque;
- não aceite aguas e balas oferecidas
- em se sentir coagido, ameaçado, peça para descer e ligue para 190
- fiquem atentos, não informem que são PMs, agentes de segurança, policiais civis. Aqui no Fórum Criminal é ROTINA conduzirmos réus com essa ocupação."(sic) - Fim do Texto do Boato.

Verificação dos Fatos - Boatos e lendas urbanas envolvendo o transporte de passageiros por aplicativos são comuns. Até entendemos que assim o são devido ao grande numero de pessoas contrárias a sua utilização, assim como, o medo real que muitas pessoas sentem ao embarcarem em carros de desconhecidos.


Publicidade:





Para tranquilizar, ao menos um pouco, a população, cabe informar que a Uber, 99 e outras operadoras de transportes mobilies, não contratam pessoas que possuam folha de antecedentes criminais negativadas. Em suma, não contratam quem já foi preso, cumpriu pena ou está sendo processado por roubo, furto, homicídio, tráfico etc. Termos de uso do Motorista

A Uber, por exemplo, fez uma parceria com a Serpro, empresa de TI do Governo Federal. Dessa forma poderá obter em tempo real e on-line toda a situação do motorista e do veículo cadastrado. Uber Newsroom

O que causa estranheza maior no boato -  acima mencionado - é o fato de citarem que os bandidos se declaram motoristas de app durante as audiências de custódia e audiências de instruções.

Ora, a audiência de custódia é o instrumento processual que determina que todo preso em flagrante deve ser levado à presença da autoridade judicial, no prazo de 24 horas, para que esta avalie a legalidade e necessidade de manutenção da prisão. - Migalhas.

A audiência de instrução e julgamento é a sessão pública, que ocorre de portas abertas, presidida por órgão jurisdicional, com a presença e participação das partes, advogados, testemunhas e auxiliares da justiça. Tem por objetivo tentar conciliar as partes, produzir prova oral, debater e decidir a causa. - Direito Net.

O boato faria sentido se fosse citado que presos em regime semiaberto se declarassem empregados como motoristas de app. Mas como já esclarecemos, as empresas não contratam sentenciados. Além disso, motoristas de app não são empregos formais, não possuem registros em CTPS e tampouco possuem vínculos empregatícios.

Claro que existe o risco de alguns bandidos burlarem o sistema, ou mesmo se tornarem bandidos após ingressarem como motoristas de app. Mas esses risco pode ocorrer até em táxis. O que é bem diferente do alarmismo epidêmico sensacionalista explorado no boato.










Curta Verdade Absoluta, a internet sem mentiras

Nenhum comentário

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.