Sequestrador planeja crime com informações do Facebook

By | 14:02 Leave a Comment
Nunca é demais lembrar que todo cuidado ao fornecer informações pessoais no Facebook e outras redes sociais é sempre pouco. Ostentações e pequenas amostras de vida luxuosas, que nem precisam ser muito, podem ser um incentivador e facilitador para que crimes ocorram.

O criminoso preso na ultima terça feira,  Peterson da Silva Machado, de 30 anos, afirmou ter planejado o sequestro do menino de 9 anos em Ilhota, no Vale do Itajaí, com base em informações disponibilizadas no Facebook do pai da vítima.

Palavras do próprio sequestrador; " - No Facebook mostra tudo. Foi coisa de [planejei em] 10 dias, no máximo. Se vocês puxarem lá vão ver como mostra tudo da vida pessoal. Mostra até dentro da casa deles".

A ideia de cometer o crime nasceu depois que Peterson passando pela loja do pai da vitima se interessou pela mesma e começou a buscar informações no Facebook, e assim ficou sabendo todos os detalhes necessários da rotina da família.


Peterson conta como foi o relacionamento com a criança no cativeiro: ""A criança não ficou muito assustada porque eu falei que era um jogo. Eu não queria assustar a criança. Disse que o pai dela tava sabendo desse jogo e que ela teria que ficar uma semana para gente pra ver como ficaria". Os quatro participantes do crime combinaram de não dizer palavras de baixo calão em frente a criança.

"Em vez da gente jogar videogame, a gente jogava a vida real". Peterson contou que assim explicava a criança sobre a situação que passavam. Durante os cinco dias de cativeiro, o sequestrador afirma que a criança 'comia, bebia, cantava rap e assistia desenhos".

Quando o menor perguntava sobre a família, Peterson alegava que estava tudo bem. "Inclusive que eles tinham mandado beijo".

O menino foi capturado na quinta-feira (29), aproximadamente às 19h30, no momento que brincava com um patinete motorizado, na rua da casa em que mora. O primeiro pedido de resgate foi feito 30 minutos depois do sequestro, quando os criminosos solicitaram R$ 500 mil em dinheiro. No outro dia, o valor foi aumentando para R$ 600 mil.

Fica esse alerta. Nunca forneça muitas informações nas redes sociais, principalmente o seu endereço e "brinquedos caros" Mantenha sempre que possível seu perfil aberto somente para seus amigos. Quem deixa perfil publico corre o risco de atrair toda a sorte de pessoas.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.