Peixe Panga é perigoso para a Saúde: Verdades e Mentiras

By | 11:58 Leave a Comment
Nos últimos dias tem voltado a circular por emails e redes sociais um boato dizendo que o peixe Panga faz mal a saúde por ser pescado no rio Mekong, um dos rios mais poluídos do mundo com altos índices de esgotos no Vietnam, sendo portanto inadequado para consumo. 
O tema é bastante polêmico principalmente por não se tratar de uma simples corrente mentirosa ou lenda urbana que circula nas redes, pelo contrário, as denuncias parecem ser verdadeiras em algumas partes, embora não em todo. 
Vamos ler PARTES do alerta  que está circulando pelas redes desde 2011, que é bastante longo:
Se você tem preguiça de ler um texto tão importante como esse provavelmente vai continuar colocando a sua saúde em risco, e a de sua família, em todas as peixarias e supermercados do Brasil tem esse peixe para venda. Nos restaurantes aonde você come também! JÁ OUVIU FALAR EM PANGA???
VEJA ESSE VÍDEO, DE ONDE SAIU O PEIXE QUE ESTA NOS MERCADOS BRASILEIROS.

REPASSEM POR FAVOR!!!!!!!!!!!

PEIXE PANGA - repassando- alerta

Os nossos supermercados, estão importando, da Ásia, graças à globalização. É caso de polícia... Leiam e tirem suas conclusões!!!!

Caros amigos,

Em algumas oportunidades tive o desprazer de observar o malfadado peixe branco, sempre servido em self-services e/ou "à la carte."
(Entre os restaurantes onde pode ser encontrado, o cliente faminto terá mais opção do que se pensa em self-services)
Em um self-service, tive a curiosidade de ver melhor o peixe no meu prato.
Ao abrir a posta do peixe, notei que a massa estava impregnada de filamentos.,Encostei o prato, retirei para o guardanapo, parte do peixe e levei para análise. Os filamentos, na verdade, eram vermes de até dois cm.

PANGA ou PEIXE-GATO

Procurei me informar, lá mesmo no caixa, sobre a origem do peixe e fui informado que se tratava de peixe asiático.
Após análise da porção amostrada, tirei minhas conclusões que são coincidentes com as informações prestadas:
- peixe asiático de água doce, proveniente de rios extremamente poluídos de excrementos, dejetos e toda sorte de poluição biológica, física e química devido, entre fatores diversos, à maciça ocupação de barcos que servem de vias e moradias que constituem aglomerados populacionais de pessoas carentes de serviços sanitários e salutares.

Esse ambiente condiciona, por si só, o desenvolvimento e procriação de víveres adaptados a esse habitat degenerativo.
O nível de poluição dessas águas é de tamanha magnitude e as próprias pessoas que, por lá vivem, têm nojo e repugnância dos víveres dessa água. Essas condições associadas viabilizam a proliferação exacerbada de peixes que ressalta aos olhos dos especuladores inescrupulosos que conseguem com tremenda facilidade realizar farta e rentável "pescaria" para a venda dos seus produtos no terceiro mundo afora - de quebra no Brasil...

ASAE - SOCIEDADE AMERICANA DE ENGENHEIROS AGRÔNOMOS
Peixe Panga - PERIGO para a SAÚDE PÚBLICA

(Outro relato)
Há pouco tempo descobri um novo peixe, aparentemente perfeito: filetes muito branquinhos, frescos ou congelados, sem espinhas e a bom preço no supermercado... claro que decidi experimentar...
A minha primeira impressão do sabor do peixe não foi a melhor (embora fosse a única a encontrar algo estranho, pois é um sabor muito tênue...)
Hoje voltei a comer, e tal como da primeira vez que provei este peixe, não melhorou a impressão do sabor...Acabei de almoçar e pesquisei e encontrei o texto que envio abaixo.
NOTA - achei por bem enviar, porque muitos de vocês já terão provado e gostado...
LO Peixe Panga: a nova aberração da globalização

O panga é um peixe de cultura intensiva/industrial no Vietnam, mais exatamente no delta do rio Mekong e está a invadir o mercado devido ao seu preço.

Eis o que deve saber sobre o Panga:

Os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsênio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos policlorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB)).

O rio Mekong é um dos rios mais poluídos do planeta.
(Na guerra do Vietnã o último recurso americano foi jogar o "agente laranja"(desfolhante e cancerígeno).

Não há nada de natural nos Pangas - Eles são alimentados com restos de peixes mortos, ossos e de solo seco, transformados numa farinha, com mandioca e resíduos de soja e grãos. Obviamente, este tipo de alimentação não tem nada a ver com a alimentação num ambiente natural.

Ela não faz do que assemelhar-se ao método de alimentação das vacas loucas (vacas que foram alimentadas com vacas, lembra-se?) A alimentação dos pangas está completamente desregulada..
O panga cresce 4 vezes mais rápido do que na natureza ...
Além disso os pangas são injetados com PEE (alguns cientistas descobriram que se injetassem as fêmeas pangas com hormônios femininos derivados de desidratado de urina de mulheres grávidas, a fêmea Panga produziria os seus ovos muito rapidamente e em grande quantidade, o que não aconteceria no ambiente natural (uma Panga passa a produzir assim aproximadamente 500.000 ovos de uma vez).
Basicamente, são peixes com hormônios injetáveis (produzidos por uma empresa farmacêutica na China) para acelerar o processo de crescimento e reprodução. Isso não pode ser bom.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------


Bastante assustador não é? Ainda mais que é acompanhado por videos. Embora a corrente esteja repleta de exageros e "causos mentirosos e sem sentido" como reparar que estava cheio de "filamentos" ora, verme algum ficaria inteiro depois de ser frito. Mas enfim. pouco importante é ficar caçando erros ou exageros na corrente, o importante é saber se o peixe Panga que coemos é realmente um perigo para a nossa saúde:

Bom, o fato dos vídeos mostrarem que os peixes vivem em tais rios poluídos e ocorre uma intensa pesca do mesmo nesse locais podres, não significa que o peixe que comemos aqui veio desse mesmo local ou que esteja contaminado.
O peixe Panga é comercializado no Brasil desde 2009 e obviamente é fiscalizado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, por mais que muitos possam pensar que aqui nada se fiscaliza, acredite: Existe sim, um controle rígido desses produtos importados.
Mas caso o leitor prefira não confie na fiscalização do governo, ele pode então ver a analise que a PROTESTE ( Associação Brasileira de Defesa do Consumidor é uma entidade civil sem fins lucrativos, apartidária, independente de governos e empresas) fez do peixe.
Em outubro de 2012, as amostras adquiridas pela PROTESTE em supermercados do Rio de Janeiro e de São Paulo foram das marcas: Buona Pesca, Costa Sul e Leardini. Após a realização das análises microbiológicas não foram encontrados problemas de higiene e de contaminantes químicos que comprometessem a qualidade e a segurança do produto. Desta forma, todas as amostras foram consideradas de boa qualidade e seu consumo deve ser incentivado como fonte de proteína.
No Brasil o controle e fiscalização dos pescados é responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que também investigou a procedência do peixe Panga na última missão sanitária realizada no Vietnã, em 2009. A visita verificou se o sistema de inspeção pode ser considerado equivalente ao brasileiro e se o cultivo está atento ao controle laboratorial de resíduos e contaminantes.
As amostras coletadas pelo Ministério e analisadas nos laboratórios oficiais apresentaram resultados conformes com as normas brasileiras e não houve motivos para suspender as importações do produto por razões sanitárias. A espécie é exportada para países de todo mundo e recebe frequentemente missões das autoridades sanitárias desses mercados importadores com seus respectivos sistemas de inspeção.
Claro que o leitor sempre preocupado com sua saúde pode não querer confiar nesses órgãos, mas se não confia neles, então corre risco em TODOS os produtos alimentícios vendidos no Brasil, ou será que suas analises só são "suspeitas" ou "corruptas" para o que é hoax e boato?
Resumindo: Embora o peixe Panga viva no Vietnã em rios poluídos, os peixes que consumimos aqui são criados em tanques e de acordo com as analises dos órgãos de fiscalização, não apresenta metais pesados nem resíduos de medicamentos anti-infecciosos, não havendo portanto problemas associados ao seu consumo.
 Se não quiser arriscar, a alternativa boa é a Tilápia:



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.