Passageiro dá choque em motorista com ônibus em movimento

By | 21:07 Leave a Comment
Cenas de uma cidade estressada: O motoristas Renato Carneiro Ferreira, de 27 anos, conduzia o ônibus da linha 302 (Rodoviária-Recreio) desceu o Alto da Boa Vista em alta velocidade, sem parar nos pontos demarcados. Após um tumulto e algumas ameaças, utilizando até mesmo uma arma de choque, o veículo finalmente parou.

A confusão aconteceu na segunda feira dia 5 de Abril, mas ganhou repercussão nacional depois que o video feito, por passageiros caíram na rede nos dias 8 e 9 do mesmo mês.

Único a prestar depoimento em uma delegacia, o motorista alega que foi vítima:

"— Eu passei pelo Corpo de Bombeiros, no Alto da Boa Vista, e como não tinha ninguém fazendo sinal e nenhum passageiro para pegar o ônibus continuei a descer. Estava a 35 Km/h no máximo 40 Km/h, ali não pode passar disso. Um passageiro começou a dizer que estava em alta velocidade, ficou me xingando. Um grupo pediu para descer e eu parei no ponto próximo a Estrada das Canoas e as pessoas desceram. Depois segui em frente e o passageiro pulou a roleta e começou a me dar choques com a arma que ele carregava. Ele disse que era policial.

- Eu passei direto de um ponto próximo a comunidade Mata Machado porque ele estava me dando choques. Um outro passageiro pulou e veio me agredir também e tirou o que estava com a arma de choque. Foi então que parei o ônibus, perto do radar da Estrada de Furnas. Ele me deu tapas no peito e nas costas e rasgou minha blusa. Queria que eu descesse do ônibus. Não desci e avisei que estava indo para a delegacia."

Veja o Vídeo:


Passageiro dá choque em motorista com ônibus em movimento, ASSISTA NO VIDEO ACIMA:


As imagens não mostram se o motorista está errado ou não, mostram apenas o estresse e medo das pessoas e o motorista em aparente calma.

Todos os passageiros saíram do ônibus e ninguém prestou queixas na delegacia, inclusive o passageiro com a arma de choques, que ninguém sabe quem é. Se estava certo por que desapareceu e não fez ocorrência policial?

Difícil saber quem é culpado ou não. O relato do motorista mostra que ele não tem culpa. E aí, cadê quem pode desmentir?

O que não pode acontecer em hipótese alguma é a vida das pessoas serem colocadas em riscos por um passageiro maluco e um motorista "certinho" deveria ter encostado imediatamente para evitar tulmutos maiores e mesmo um acidente fatal. 





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.