Dona de Cabaré processa a Igreja Universal

By | 17:36 Leave a Comment

Será verdade ou mentira que um Cabaré estaria processando a Igreja Universal por ter dito que seus poderes de orações culminaram com a destruição da casa?

O boato da briga Cabaré x Igreja que está correndo na internet é uma notícia falsa: Foi publicada pela página da ATEA no Facebook no dia 27/04/2013.  

Em 30/04/2013 no site do jornal O Estado(Ceará), uma matéria que aponta a provável cascata dessa historia dizendo: "O humor cearense, aquele que faz vítimas, às vezes, passa de caçador à caça. Rola uma história engraçada na rede mundial de computadores que, se fosse verdade" o que muito provavelmente não é, não seria surpresa pra nós aqui."

Vamos ao texto que circula na internet:



Igreja x Cabaré

Em Aquiraz, no Ceará, dona Tarcília Bezerra construiu uma expansão de seu cabaré, cujas atividades estavam em constante crescimento após a criação de seguro desemprego para pescadores e vários outros tipos de bolsas.

Em resposta, a Igreja Universal local iniciou uma forte campanha para bloquear a expansão, com sessões de oração em sua igreja, de manhã, à tarde e à noite.

O trabalho de ampliação e reforma progredia célere até uma semana antes da  reinauguração, quando um raio atingiu o cabaré queimando as instalações elétricas e provocando um incêndio que destruiu o telhado e grande parte da construção.

Após a destruição do cabaré, o pastor e os crentes da igreja passaram a se gabar “do grande poder da oração”.

Então,  Tarcília processou a igreja, o pastor e toda a congregação, com o fundamento de que eles “foram os responsáveis pelo fim de seu prédio e de seu negócio” utilizando-se da intervenção divina, direta ou indireta e das ações ou meios.”

Na sua resposta à ação judicial, a igreja, veementemente, negou toda e qualquer responsabilidade ou qualquer ligação com o fim do edifício.

O juiz a quem o processo foi submetido leu a reclamação da autora e a resposta dos réus e, na audiência de abertura, comentou:- Eu não sei como vou decidir neste caso, mas uma coisa está patente nos autos.

Temos aqui uma proprietária de um cabaré que firmemente acredita no poder das orações e uma igreja inteira declarando  que as orações não valem nada!”.



O Site do Bispo Macedo através do colaborador Marcos Pereira, publicou esse boato no dia 16/05/13, mas somente se limitou a reproduzir o texto como ele está escrito, para comentar apenas que no domingo seguinte, eles fariam uma palestra sobre Fé e sexo, sem soltar uma única linha sobre o assunto.


Neste domingo (19), às 18 horas, estarei tratando do assunto “Fé e Sexo” na Av. João Dias, 1800 - Santo Amaro (SP). Estarei respondendo a algumas perguntas intrigantes e sensíveis postadas neste blog. 


Infelizmente a página da ATEA no Facebook é uma página voltada para o preconceito religioso, quando na verdade deveria se preocupar com o preconceito contra os ATEUS. A página da ATEA busca combater o preconceito que os ATEUS sofrem, revidando na mesma moeda, espalha notícias falsas, faz piada desrespeitosas as pessoas religiosas, ofende e agride a todo aquele que acredita em alguma coisa, principalmente os evangélicos, católicos e umbandistas.


É uma página tão nojenta quanto muitas igrejas que ela critica. A ATEA não respeita o direito religioso de terceiros.



Na descrição da Página da ATEA temos o seguinte informativo sobre o seu objetivo:
- Combater o preconceito e a desinformação a respeito do ateísmo e do agnosticismo, dos ateus e dos agnósticos.
- Respeitamos pessoas, não ideias, pois pessoas têm dignidade e direitos; ideias, não. Desrespeitar ideias não é a mesma coisa que desrespeitar as pessoas que creem nelas. 
 -  A  Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos é uma entidade sem fins lucrativos registrada na Receita Federal - Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) sob o número 10.480.171/0001-19 e no 1º Oficial de Registro de São Paulo/SP

Sim, a ATEA se diz sem fins lucrativos, mas assim como as Igrejas pedem o Dízimo, a ATEA pede 2 formas de colaboração financeira. A primeira para doações livres e a segunda para associados que pagam OPCIONALMENTE, uma graninha por mês . Possui cerca de 8875 associados, talvez seja essa a única diferença entre a ATEA e os Cobradores de Dízimo... a ATEA tem pouco contribuintes, mas tenho quase certeza que ela gostaria de ter 1 milhão de amigos, melhor ainda se forem contribuintes, né.




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.