Incríveis fotos bizarras dos Circos dos Horrores do Século XIX

By | 15:41 1 comment
A universidade  Syracuse University dos EUA terminou e liberou a digitalização de 1412 imagens e fotos bizarras dos Circos dos Horrores que percorriam os EUA  no final do Século XIX.


As imagens podem ser vista no site da Universidade sob o título "Ronald G. Becker Collection of Charles Eisenmann Photographs" .
Catalogadas por Ronald G. Becker,  a coleção reúne as fotografias que foram tiradas pelo fotografo, Charles Eisenmann, Frank Wendt e alguns desconhecidos.


O acesso a todas as fotos não é restrito, mas é bastante complicado, pois além de se precisar falar inglês, é preciso ou usar o numero da imagem ou seu nome ( em inglês), o site da Universidade disponibiliza um catálogo em Excel para facilitar a busca. Com os dados das fotografias é só inserir no campo de pesquisa, a palavra-chave ou o numero correspondente.


Acesse o site da Syracuse University clique em item level inventory para baixar o arquivo em Excel contendo o catálogo das fotos e depois faça a busca no site pela palavra chave ou numero da fotografia constante no catálogo:






Veja algumas fotos bizarras dos circos dos horrores, que realmente existiu.




Foto 1 - 
A esquerda está Fanny Mills , conhecida como  'Pé Grande', sofria da Doença de Milroy, que é hereditária a causa acumulo de fluidos em partes do corpo, principalmente pernas e pés. 


A direita se encontra, Anne Leek, uma mulher que não possuía braços, sem família, Anne se juntou ao circo para poder sobreviver, sem ter que mendigar.






Foto 2 - 
Da esquerda para a direita vemos Lionel, o Menino-Leão  e Jo-Jo, o Menino-Cão, que possuíam uma doença chamada de síndrome de Ambras, que faz nascer pelos* grossos no rosto e tórax.  Nem precisa dizer que foram fontes de inspiração para o personagem Chewbacca , da série Star Wars.






Foto 3
Uma criança de 2 anos com o corpo coberto de pelos*  e ao lado, Myrtle Corbin, que possuía 4 pernas e 2 "pepecas". Não se sabe se as "pepecas" eram mostradas no Circo.






Foto 4 
O estranho Magricela abaixo se chamava Eddie Masher, reparem na comparação entre a bengala e seu braço que possuem quase a mesma grossura.
Ao seu lado uma mulher barbada e o incrível Prince Randian, que nasceu sem braços e pernas, mas não me perguntem como e se realmente era verdade, conseguia se barbear e enrolar fumo.








Foto 5 - Felix Wehrle, a esquerda sofria de uma das muitas variações da Síndrome de Ehlers-Danlos e era conhecido como o 'Homem-Elástico'.
A Direita se encontra Frank Lentini,um Siciliano que nasceu com 3 pernas e foi viver o "sonho americano" nos EUA trabalhando nos circos de horrores.






Os circos dos horrores realmente existiram, e eram compostos por pessoas que possuíam doenças genéticas. Abandonadas pelos seus familiares, não viam outra alternativa de vida a não ser se exporem a curiosidade humana. Todas essas doenças, embora raras ( sempre foram)  ocorrem até os dias de hoje.

*De acordo com a nova gramática a palavra que antes se escrevia pêlos, para designar pequenos fios de cabelos, perdeu o acento circunflexo "  ^ ", ficando portanto com a grafia  "pelos" ou "pelo"




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.