Goleiro Bruno do Flamengo é suspeito de Assassinato.

By | 22:17 3 comments
 O desaparecimento da estudante Eliza Samudio, ainda é um mistério. A delegada Alessandra Escobar, da Delegacia de Homicídios de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, acredita que a jovem esteja morta.


Ainda segundo a delegada, o principal suspeito de assassinato é o Goleiro Bruno do Flamengo. Através dos investigadores da Delegacia de Homicídio de Contagem suspeita-se que Bruno juntamente com 2 amigos espancaram Eliza no sítio do Goleiro e teriam queimado as roupas dela no local.

 Eliza Samudio desaparecida


Eliza Samudio está desaparecida há cerca de 3 semanas. Amigas dela teriam dito em depoimento que a jovem se preparava para se mudar do Rio de Janeiro para Belo Horizonte. Ela teria sido convidada por Bruno para morar lá com o filho.


Para piorar a situação do jogador, a sua esposa Dayane de Souza foi presa na noite de Sexta-feira, acusada de subtração de incapaz. Uma amiga de Dayane a teria sido encontrada com o filho que Bruno teve com Eliza . Dayane foi liberada após prestar depoimento. Ela possui residência fixa no estado e não tem antecedentes criminais.

Filho do Goleiro Bruno é entregue ao Conselho Tutelar de Mina Gerais.   
Foto: André Mourão / Agência O Dia

Através de sua assessoria, Bruno disse não saber do paradeiro de Eliza nem do filho:

“Não tenho contato com essa mulher há mais de dois meses. Nunca a levei para Minas. Nas férias fui para minha fazenda com a Dayane, minha esposa, e minhas filhas. A Dayane continua lá, e eu voltei para treinar”, afirmou o goleiro.

Embora a Delegacia de Homicidios não comente o caso,a versão do jogador do Flamengo contradiz os depoimentos tomados ontem pela DH de Contagem. Três pessoas teriam dito que o bebê recém-nascido foi levado até a fazenda por um amigo do jogador, conhecido como Macarrão, no dia 7, e que permaneceu no local até o início da tarde ontem, aos cuidados de Dayane.

A polícia já iniciou um rastreamento das antenas do celular para saber os passos de Eliza desde que ela sumiu, no dia 5. 

Ano passado Eliza Samudio abriu um inquérito na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para prestar queixas contra o Goleiro Bruno. alegando que Bruno e mais 2 amigos a obrigaram a ingerir remédios abortivos, e que o goleiro chegou a colocar uma arma na cabeça dela.


Um laudo do Instituto Médico legal sobre o resultado do exame corpo de delito feito por ela na ocasião encontrou "vestígios de agressão" na jovem. Responsável pela investigação do caso, a delegada Maria Aparecida Mallet chegou a pedir medidas protetivas que impediam o atleta de se aproximar mais do que 300 metros de Samudio e de sua família.


Loading

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

3 comentários:

  1. Amigos, lembram-se do que esse rapaz disse a tempos atrás sobre agredir mulheres?!?!?!?

    ResponderExcluir
  2. Anônimo2:06 PM

    pra mim a elisa ta vivia da silva ela ta mas viva do que eu pra mim ela ta querendo acabar com a vida e com a carreira de bruno...

    ResponderExcluir
  3. Anônimo4:28 PM

    e bruno com fer e deus cristo pai do senho vai ter tira da cadeia ese povo so que acaba com vc vc e lindo e vai vouta a ser goleiro do flamengo eu sou flamengo eo flamengo ta uma merda depois que vc saio do mengo vc vai vouta tabo bejjjj!

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.