Pensão Alimentícia de Filho para Pai

By | 15:01 15 comments

O pai do Jogador Thiago Neves do Fluminense surpreendeu a todos e principalmente ao próprio jogador ao entrar na Justiça no 2° Oficio de Familia do Paraná, exigindo que o filho lhe pague uma pensão alimentícia no valor de 15 % do salário que recebe como jogador...

O pai de Thiago, Onivaldo Augusto, garante que só tem comida em casa por conta da ajuda de seus amigos, e que de resto está numa pindaíba só, diz ainda que acredita que o sucesso subiu a cabeça do Jovem jogador.

Já Thiago Neves nega que seja muquirana e que diz ter comprovantes de depósitos da grana que andou pondo periodicamente na conta do pai.

Thiago diz ter depósitos, mas será que tem mesmo?E quaão periodico é esse depósito, e de quanto?
Ele não é muito confiável naquilo que diz. É um jogador que estando com o contrato em vigor com o Fluminense , assinou um pré-contrato com o Palmeiras ainda faltando cerca de 5 meses para o término de seu contrato vigente, e tendo recebido para isso R$400.000 do clube Paulista, e mesmo assim renovou o contrato com o Fluminense, e ainda teve a cara-de-pau de dizer que não tinha assinado nada com o Palmeiras. Será que dessa vez o fato dos recibos é vero?

Mas pode um pai pedir pensão alimentícia para os filhos?

Segundo o artigo 1.696 do Código Civil, sim.

Esse direito é recíproco entre pais e filhos e extensivo a todos os ascendentes, na regra disposta no art. 1696. Na falta de ascendentes a obrigação cabe aos descendentes e, faltando estes, aos irmãos, quer germanos (mesmo pai e mesma mãe), quer unilaterais (pais diferentes), consoante expressamente estabelece o art. 1697.

Pois é, se você tá na pindaíba e seu filho(a) Neto(a) anda vivendo no bem bom, e te dá só uma mixaria desgramada que não paga nem as fraldas que ele usou quando neném, ou nem mesmo um bom dia te dá, entre na Justiça. Faça valer seus Direitos.

Essa também pode ser a vingança do pai que pagou pensão anos a fio, muitas vezes sem nem ter como pagar e agora está na miséria, ou incapaz de se sustentar, enquanto que a ex e o filhão estão vivendo nababescamente ( sim isso existe, e como deixar de pagar pensão é a única coisa que dá cadeia nesse País, muitos Pais preferem se endividar, e ou tirar dos que vivem com ele, para dar para o filho que vive com a ex, que muitas vezes vive com outro macho provedor)

Vento que venta lá venta cá.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

15 comentários:

  1. Boa Noite

    Tudo bem?

    Parabéns pelo Blog, recebi seu convite parceria aceita estou adicionando o seu link, aguardo resposta ok.

    http://www.pcsaudavel.com

    Um Abraço

    Roberto

    ResponderExcluir
  2. é verdade...existe casos e existe "os casos"...meu pai nunca pagou pensao para seus filhos, minha mae nunca ixigiu nada, e como elel nunca quiz nada com nada virou andarilho, porque quiz, foi uma opção dele, pq disposição e saude ele tinha pra trabalha, agora depois de quase 10anos sumido ele me aparece pedindo pensao para seus filhos, isso é revoltando..pois o mesmo alega estar doente e incapacitado, arranjou ate um laudo do medico q diz apenas ter nodulos.... e ai o q vc acha disso...é uma lei? q lei é essa?

    ResponderExcluir
  3. Paty, a lei não leva em conta o fato de sua mãe não ter colocado o seu Pai na Justiça. Ela sempre vai levar em conta a ajuda ao "necessitado".

    Infelizmente essa é a nossa lei.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10:44 AM

    Meu marido paga pensao ao safado do pai dele eu tenho uma duvida se meu marido falecer que tem pagar pensao a esse safado so eu...

    ResponderExcluir
  5. Se o pai tiver união estável a anos com outra mulher e ter filhos com ela, ele pode pedir pensão para o filho do 1º casamento?
    Se ele escolheu por conta própria viver com alguém já pobre, com filhos e depois ainda ter outros e estar em estado de dificuldades (não chega a ponto de passar fome, mais é mais por divida de aluguel de casa e carro quebrado) é legal o filho do 1º casamento pagar pensão?

    ResponderExcluir
  6. Olá, gostaria de saber mais sobre a lei. Contarei resumidamente um caso. Uma "familia" de 7 pessoas, seus pais não tiveram estrutura psicológica, nem financeira de criar seus 5 filhos, eram muito violentos,(fisicamente e com diversas agressões verbais,além de explorá-los em trabalhos pesados qdo crinças, todos os vizinhos podem confirmar tais agressões), os mais velhos foram colocados para fora da casa aos 12 e 13 anos, um a avó acolheu, o menino, a outra menina foi acolhida por algumas familias de estranhos, que foram sua família por anos ... as três filhas mais novas sofreram muitas agressões mas permaneceram sob a tutela até uma casar e as duas mais novas engravidaram e moram ainda com eles, não estudaram e são constantemente xingadas por seus pais, e aos gritos pedem-se que saiam de sua casa, junto com seus netos (querem colocá-las na rua). O menino até hoje mora com a avó, a menina casou-se, separou-se, tem dois filhos e tornou-se professora, a terceira casou-se e não trabalha. Agora depois de anos foram ameaçadas por seus pais que iriam pedir pensão alimenticia, pois dizem passar por muitas necessidades e afirmam estar doentes. Porém os filhos, não tem recursos para pagar pensão a eles, e nem acham justo, pois forma explorados, espancados, humilhados,retirado o direito de seus estudos, de uma vida em família, enfim, agora os pais lembram que são pais, querem dinheiro? é justo pedir pensão aos filhos que eles nunca aceitaram? Porque duas filhas conseguiram construir uma vida digna, não se tornaram prostitutas ou pedintes é certo reconhecer pais que não os reconheceram como filhos? Que justiça é essa? Como proceder filhos que entendem não ser certo tirar o dinheiro de sua família, de seus filhos, que são amados e educados para dar a avós que nunca exerceram suas funções de pais e nem avós? Existe um entendimento da lei a favor de filhos que nasceram com "pais" sem carater?

    ResponderExcluir
  7. Elisabete

    Certamente durante o processo o Juiz irá analizar o caso. Se for comprovada a negligência dos pais os maus tratos, dificilmente os pais ganharão a causa.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo9:04 AM

    As pessoa deven fechar o bico antes de falar de pai e filho,pois cada um tem uma historia.Eu e meu irmão por exemplo temos um safado que o pouco tempo que esteve com nos so bateu e humilhou.Agora estamos casados com filhos e se temos alguma coisa foi com muito trabalho e uma MÃE que nos deu educação.Agora o safado volta e pede pensão...É JUSTO ISSO?? QUE LEI É ESSA?

    ResponderExcluir
  9. Anônimo5:15 PM

    Ola boa tarde,gostaria de saber um pk mais sobre essa lei pq eu e meus 3 irmaos,vivemos sempre passando necessidades,com outras pessoas nos ajudando,minha mae é alcoolatra...sempre foi...ela hj vive sozinha pq atropelou tds de casa,prim fui eu com 15 anos,depois meu pai,meu irmao mais novo e depois meu outro irmao mais velho,minha irma mais nova a minha vó(mae dela)pegou p terminar de criar..Eu hj sou casada,tenho um carro e estou pagando meu ap,com muito trabalho e dedicaçao...Minha mae vive em uma situaçao lamentavel...ela sai,bebe,as vezes cai na rua e os vizinhos q levam ela p casa!!
    Ela mora sozinha,nao tem emprego,nao quer ajuda de ninguem...ela atropela qqr um q vá la tentar ajudar ela..Eu faz 11 anos q nao vejo ela,só sei oq os outros me contam,e como ela sempre foi muito violenta nem sequer penso em chegar perto dela...Eu ajudo meu pai quando posso e meu irmao mais novo,e tmbm minha irmazinha q mora com minha vó...Agora uma tia veio com essa história q ela pode entrar na justiça contra os filhos!!
    Gostaria de saber como isso é possivel?????

    ResponderExcluir
  10. a minha sogra também pediu pensão pra os filhos, lógico que tem o dedo de mais gente por tras disso, uma filha dela, que não quer mais cuidar dela, agora que ela está doente, o advogado dela esta contando com o meu salário junto com o do meu marido, pode isso? ele somar o meu salário também? eu tenho meus pais também, que precisam de ajuda e nunca me pediram.

    ResponderExcluir
  11. Anônimo11:03 PM

    Tenho 30 anos ,não fui registrada no nome do meu pai ,(ele nunca quis me assumir ),nunca recebi nada dele , nem dinheiro nem atenção,nem contato com ele tenho a anos . quer dizer que mesmo sem ser registrada vou ter que pagar pensão a ele?

    Se alguém puder me responder meu e-mail arilleni@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  12. boa tarde, venho por meio deste pedir esclarecimento pois , nunca morei com meu pai , porém depois de muito tempo recebi uma intimaçao onde teve uma audiencia , onde os irmao teria que pagar pensao ao meu pai porem nunca tive contato , ele tem mais 06 irmaos...obs: nesta audiencia tinha colocado meu em uma casa de repouso e disse que me responsabilizava , porem essa irma que cuida dele tirou ele da casa de repouso sem minha autorizacao...e na audiencia passada foi estalebecido valores para cada irmao , porem 02 foi isento, esses imao foi criado por ele , eu nao criado pelo meu pai e nao tenho condicao de pagar o que foi estipulado pelo juiz R$66.00 reais

    ResponderExcluir
  13. Valdomiro Bonfim, infelizmente não tenho condições de responder juridicamente a sua questão. Aconselho-o a procurar um advogado.

    Um abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo11:34 PM

    oiee boa noite tenho 18 anos e tenho uma filha d 4 meses,,Recebo pensao por acordo ele me da 340 reais mais pelos meus calculos acho q ele ta dando errado pois no olerite dele ta q recebe 1600 agora nao sei se na carteira d trabalho ta q ele recebe esse valor e é 33% pela lei q tem q dar né?!pode me ajudar bjs

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.