A perereca tailandesa e a cobra

By | 15:26 2 comments

Quem se lembra do Crazy Frog, o sapo motoqueiro e maluco que virou a maior armadilha para spy do msn? Pois não é que bicho existe na vida real?!
Na Tailândia o sapo Nong Oui tem sido uma sensação, só porque o bichinho pilota moto e surfa. Tongsai Bamrungtha, a dona do sapo, disse que consegue se comunicar com o batráquio de forma tal que pode ensinar ao sapo a brincar com os brinquedos do filho. Ela conta que na primeira vez que o viu; olhou nos olhos dele e falou com e ele, pasmem, respondeu, pelo menos foi o que ela disse. Tongsai Bamrungtha caiu na lábia do sapo ( sapo não tem lábia, mas tem uma lingua....) e deu muitos beijinhos nele para ver se ele virava um príncipe, mas obviamente não funcionou. Por via das dúvidas a Tailandesa já ensinou o bicho a pilotar e a surfar, em breve vai ensinar a falar palavrão e pedir cerveja. Tongsai Bamrungtha agora tenta aprender a conversar com cobras, pra que se entendam com a sua perereca.


Por falar em cobra: recentemente uma cobra comeu um Homem... eu disse comeu, e não fudeu. O elemento estava desaparecido e foi encontrado 3 dias depois na barriga de uma sucuri. Cuidado ao entrar no mato, que a cobra ou te pica ou te come.. Calma pessoal, nada de correr pro mato para levar picada ou ser comido, a coisa é séria, como mostram as fotos




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. esse sapo depois eu vou ver...

    já essa da cobra é mentira, hoax...

    meu professor de biologia é especialista em cobras (e tinha uma fêmea em casa) e disse na sala q eh fake

    se a cobra tivesse comido o cara, ele estaria bem mais quebrado e com a pele bem mais estragada por causa do tempo e da ação dos ácidos contidos no veneno!

    ResponderExcluir
  2. Eu não acho que essa parada da cobra ter comido o maluco seja mentira nãom

    Sucuri e jobóia são sinistas demais.

    Eu tenho quase certeza que elas não tem veneno, Polly.

    Doidera.

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados, isso significa que ao clicar em enviar, eles não são publicados imediatamente, e sim após serem analisados.